Skip to main content
Cadeira Ergonômica – Como Escolher a Cadeira Ideal
Cadeira Ergonomica
ago 07

Cadeira Ergonômica – Como Escolher a Cadeira Ideal

O que é uma cadeira ergonômica? E o que levar em conta para escolher a cadeira ideal?

Isso dependerá muito à qual tipo de atividade ela se destina, à natureza da tarefa. Muitas pessoas nunca pararam para pensar nisso, e muitas vezes compram cadeiras inadequadas para o trabalho.

Em geral a cadeira deve proporcionar o mínimo de conforto para quem a utiliza e por isso, na maioria dos casos deve possuir regulagem de altura do assento e bordas do assento arredondadas.

Alguns itens como estofamento, tipo de revestimento, rodízios, regulagem de altura do encosto, inclinação do encosto, rodízios e apoia-braços devem ter a sua necessidade avaliada.

Cadeira Ergonômica Para o Trabalho em Escritório

 

Para trabalhos onde se passa muito tempo sentado, como em escritórios, devemos observar:

  • A qualidade do estofamento é importante para evitar deformações;
  • A qualidade do revestimento é importante para permitir a transpiração;
  • Os apoia-braços podem ser dispensados. Durante a digitação, se os braços normalmente ficam melhor posicionados quando apoiados sobre a mesa. Mas se você achar importante, eles devem ter regulagem de altura que permita abaixa-los e para que a cadeira encaixe sob a mesa.
  • Regulagem de altura do encosto
  • Regulagem de inclinação do encosto é opcional e se a cadeira tiver essa opção, a mesma deve ser utilizada corretamente para não trazer desarranjos posturais. O ângulo de posicionamento entre tronco e membros inferiores não deve ser maior que 100°
  • Presença de rodízios

Cadeira Ergonômica Para o Trabalho em Linhas de Produção

Para trabalhos em linha de produção, em bancadas onde se alternam o trabalho em pé e sentado, geralmente se usam cadeiras do tipo caixa, que têm uma extensão de regulagem de altura do assento maior que a cadeira de escritório.

Neste caso, podem-se considerar as mesmas características da cadeira de escritório e mais algumas observações adicionais:

  • Para alguns tipos de atividades o assento não pode ser estofado ou ter revestimento permeável e devem se adequar à atividade da empresa. Este é o caso das empresas alimentícias.
  • O aro metálico (normalmente encontrado na parte inferior do assento) não deve ser usado para o apoio dos pés, para não comprimir a região posterior dos joelhos. Deve-se utilizar um apoio para os pés com regulagem de altura separado da cadeira
  • Os rodízios nem sempre são necessários e podem causar acidentes
  • Os apoia-braços geralmente são dispensáveis

Escolhida a cadeira certa, seus usuários precisam aprender a utilizar todas as suas funcionalidades para o melhor conforto e postura, pois não basta ter um mobiliário adequado, sem utiliza-lo de forma correta.

Se você não sabe como regular corretamente a cadeira, CLIQUE E ASSISTA O VÍDEO AQUI!

Em linhas de produção ainda é necessário avaliar se ao invés da cadeira é melhor utilizar o banco semi-sentado. Se o trabalho exige deslocamento constante, essa opção é viável por permitir descanso aos membros inferiores durante a jornada , mas sem atrapalhar o desenvolvimento do trabalho.

Banner ebook 10 passos (1)

Artigos Relacionados

Ergoftalmologia - Saúde dos olhos

Ergoftalmologia – 5 Dicas Para Manter a Saúde dos Olhos Durante o Uso do Computador

Neste post eu vou falar sobre ergoftalmologia e 5 dicas para manter a saúde dos...

Qual é a diferença entre análise ergonômica e laudo ergonômico?

Diferença entre Análise Ergonômica e Laudo Ergonômico

Qual é a diferença entre Análise Ergonômica e Laudo Ergonômico? Erroneamente costuma-se chamar a Análise...

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*